Reflexões durante o isolamento social – Marília Gerhardt de Oliveira

 CIÊNCIA E CULTURA

Marília Gerhardt de Oliveira

17 – REFLEXÕES DURANTE O ISOLAMENTO SOCIAL

São tantos os dilemas éticos que estamos vivendo em nosso Brasil, que procurei listar alguns para análise e reflexão de mulheres e homens que almejam um futuro democrático e com a retomada de uma imagem positiva deste maravilhoso país aos olhos do mundo civilizado.

– Ciência, Cultura, Centros de Pesquisa e Inovação, Universidades, Acervos Históricos não são prioridades.

– Vulnerabilidade agravada de favelados, crianças, mulheres, negros, quilombolas, indígenas e grupos populacionais estigmatizados por preconceitos odiosos de gênero, etnia, credo religioso, ideologia.

– Chanceler sem histórico de comandar as principais Embaixadas Brasileiras.

– Ministério do Meio Ambiente aparentemente descomprometido com a solução efetiva da grave situação de devastação crescente da Amazônia e outros importantes problemas nesta área.

– Fake News, “Gabinete do Ódio”, falta de transparência quanto ao financiamento (público e/ou privado) de atos antidemocráticos

– Homenagens descabidas a torturadores do Regime de 1964.

– Silêncio constrangedor do Executivo Federal quando de ataques de Supremacistas Brancos ao STF.

– Queiroz e as “rachadinhas”

– Mais um sítio… em ATIBAIA (SP)

– Substituição sucessiva de dois Ministros da Saúde por um General que NÃO é um profissional graduado nesta área de Especialidades, em plena Pandemia Covid-19.

– Dificuldade de acesso ao Auxílio Emergencial, aprovado pelo Congresso Nacional, pelos verdadeiramente despossuídos (sem teto, emprego, saúde e educação básica de qualidade).

– Cartão Corporativo do Executivo Federal cada vez mais oneroso e continuadamente sigiloso.

– Acordos de “governabilidade” com o “Centrão”, mais uma vez.

– Inexplicável não mais rastreabilidade de armas e munições.

– Viagem do Ministro da Educação (investigado pelo STF) para USA/EUA (sem a obrigatória autorização prévia da Presidência da República ser publicada em Diário Oficial da União) e sua exoneração SIM ser publicada, imediatamente após pisar em solo estado – unidense, sendo que sua indicação para o Banco Mundial ainda precisará ser aprovada em procedimentos –  padrão estimados ocorrer em até 30 dias.

-Executivo Federal com EXTREMA DIFICULDADE de se tornar EXEMPLO de Cidadão e Estadista (como, por exemplo, usar máscara e não participar de aglomerações).

– Executivo Federal SEM empatia solidária a familiares e amigos das já mais de 50 mil vidas ceifadas pelo Covid-19.

– Mas, incrivelmente, o melhor e maior feito deste Executivo Federal foi o de UNIR os Ministros do STF na nobre missão de se debruçar na análise dos graves crimes que estão sendo perpetrados país afora, o que representa, sem sombra de dúvida,uma tentativa elogiável destes Juristas da Suprema Corte Brasileira no sentido de salvaguardar nossa Democracia.

   Marília Gerhardt de Oliveira

gerhardtoliveira@gmail.com

Comentários

Comentários