Segundo relatório da Fepam indica 15 pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul

Nenhum dos pontos impróprios está localizado no Litoral Norte.

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) divulgou, nesta sexta-feira (21), o segundo relatório de balneabilidade da qualidade das águas no RS. O documento mostra que o número de pontos impróprios para o banho aumentou de 12 para 15, em comparação à primeira semana. Neste ano, a Fepam ampliou para 44 o número de municípios monitorados, com a inclusão dos balneários de Pelotas e Tavares. Ampliou também o número de pontos monitorados para 94.

Oito pontos impróprios para banho estão localizados na Praia do Laranjal, em Pelotas, Santo Antônio –Restaurante, Balneário dos Prazeres, Colônia Z-3, Valverde – Pontal da Barra, Valverde Trapiche, Valverde Aki Pizza, Santo Antônio – Rua Bagé e Santo Antônio – Avenida Rio Grande do Sul. A coleta e monitoramento realizada em Pelotas é de responsabilidade do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep).

Os outros sete pontos sem condições de banho são: Praia Nova – rio Jacuí, em Cachoeira do Sul; Praia Passo Real – rio Ibicuí, em Dom Pedrito; Praia Carlos Larger – rio Pardo, em Candelária; Balneário de Mata – rio Toropi, no município de Mata; Balneário Distrito de Ernesto Alves – rio Ibicuí, em Santiago; Praia da Barrinha, em São Lourenço do Sul, e Balneário rebelo em Tapes.

Nenhum dos pontos impróprios está localizado no Litoral Norte.

Comentários

Comentários