Sudaer repudia divulgação das Lojas Havan e defende os processos técnicos dos servidores

A Sociedade dos Técnicos Universitários do DAER – SUDAER, entrou em contato com o Litoralmania e enviou uma nota sobre as declarações de Luciano Hang, proprietário das Lojas Havan.

Veja abaixo na íntegra.

“Após as declarações levianas, superficiais e teatrais do Sr. Luciano Hang, proprietário das Lojas Havan, divulgadas na imprensa e mídias sociais (atrasômetro), a Sociedade dos Técnicos Universitários do DAER – SUDAER vem a público esclarecer:

A solicitação de acesso da MAB Participações e Investimentos Ltda visa atender a implantação imediata de dois empreendimentos comerciais de grande atração de público, Havan e Comercial Zaffari, além da previsão de 1600 lotes residenciais, com prazo indefinido, na cidade de Capão da Canoa/RS.

A solicitação de acesso comercial foi protocolada em 1º de agosto de 2019. Na primeira análise realizada 15 dias após, o DAER já identificou a necessidade de reformulação da rótula existente de acesso à Capão da Canoa, em vista do tráfego a ser gerado pelos novos empreendimentos pretendidos.

A sugestão foi a adoção de passagem inferior, em consonância a outros existentes na ERS-389 (Estrada do Mar), garantido a travessia segura dos usuários locais e eliminado o risco associado ao cruzamento do tráfego de veículos da rodovia.

As Lojas Havan, somente em 12 de novembro de 2019, manifestou em reunião ocorrida no DAER, que não tinha interesse na execução da opção da passagem inferior, ficando de entregar o detalhamento da solução em nível, com execução de retornos operacionais, uma vez que a rótula existente não comporta as conversões previstas, conforme estudos realizados pelo próprio empreendedor.

Em 04 de dezembro de 2019, a empresa entregou uma versão preliminar, sem detalhamento dos projetos, a qual se encontra em fase de análise face aos trechos de entrecruzamento e pontos de conflito criados.

Sendo assim, não apresentou uma solução para a travessia de pedestres, numa rodovia que possui uma média de 13 mil veículos/dia no período de veraneio (excluindo-se finais de semana e feriados).

A Equipe Técnica do Departamento, no exercício de suas atribuições, sempre manteve a isonomia de tratamento a todos os usuários do Sistema Rodoviário Estadual, com quase 11 mil quilômetros de rodovias, sempre prezando pela ética e responsabilidade, pela garantia do patrimônio do Estado e pela segurança dos usuários.

O DAER continua no aguardo da entrega dos documentos para solucionar o problema e pode garantir que não há atraso algum por parte da autarquia a essa divulgação errônea.

Deste modo, a SUDAER repudia veementemente as declarações levianas divulgadas por um dos empreendedores e que nada contribuem para o desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul”.

Comentários

Comentários