Superação… – Débora Makewitz de Souza

Vivemos buscando exemplos de superação, gostamos disso.

            Ouvimos e lemos sobre pessoas especiais que nascem com  limitações, e vencem seus próprios limites, realmente superando a si mesmos.

            Ao lermos ou ouvirmos sobre essas pessoas, nos perguntamos: Porque não consigo mudar minha própria vida? Porque meus medos me assolam a ponto de me paralisar, e eu não consigo conquistar aquilo que desejo?  Porque me prendo a coisas tão pequenas e não consigo alcançar meu sonhos? Porque vejo pessoas com limitações ou dificuldades maiores que as minhas  e ainda assim elas conseguem voar, e eu continuo rastejando no meio de temores e receios que eu mesmo criei?

            Eu comecei a pensar sobre o que realmente precisa ser vencido dentro de cada um de nós, e entendi que não são as limitações que pessoas vencem, o que realmente se vence, somos nós mesmos, nossa mente, e os pensamentos que criamos.

            Precisamos entender que tudo que desejamos, ou queremos mudar, começa em nossa mente, é necessário reeducá-la, mudar matrizes que foram implantadas por pessoas que nos ajudaram na construção do nosso eu, e que muitas vezes não foi uma ajuda benéfica.

            Precisamos substituir frases e pensamentos como:

            _Você não é capaz!  Por: _Com determinação não ha limites pra mim!

            _Você não vai conseguir! Por: _Eu posso fazer qualquer coisa que desejar!

            Há tantas outras coisas que precisamos refazer em nossa mente, mas com determinação, e uma espécie de renascimento do próprio eu, qualquer pessoa pode mudar sua vida para melhor a cada dia.

            Com força e fé, nós conseguimos, nós podemos superar as armadilhas de nossa própria mente, vencer nossas melhores desculpas, acabar com medos que parecem invencíveis, podemos olhar pra trás e ver que o que aconteceu com nossa família, nossos pais, não precisa se repetir conosco.

            As pessoas em seu leito de morte tem vários arrependimentos, e um deles é o pensamento de que poderiam ter feito tudo diferente, por isso não espere, esse momento chegar, comece hoje a mudança e superação que deseja!

            Supere a vontade de desistir, supere o medo de fracassar, o fracasso faz parte da jornada, não tenha medo dele, supere o comodismo de ficar onde e como você está, reinvente-se, recrie-se, reviva. Supere a si mesmo. Acredite você pode!

# Débora Makewitz de Souza (Membro da IBFO, formada em Missiologia, com cursos em Assistência Social, Capelania Hospitalar e Assistência a Parentes de Pessoas com Doenças em Estado Terminal,

Comentários

Comentários