Taxista é chamado para corrida em Osório, mas é feito refém e levado por 400 quilômetros

Um taxista foi assaltado em Tramandaí e levado por pelo menos 400 quilômetros dentro do porta-malas do carro. O caso ocorreu entre a noite de domingo (3) e a madrugada desta segunda-feira (4).

Segundo a Polícia Civil, o taxista faria uma corrida entre Tramandaí e Osório quando começou a ser ameaçado com faca pela dupla de criminosos que havia solicitado a viagem.

Os dois colocaram o homem dentro do porta-malas e seguiram com o táxi até Ibirubá, no Noroeste, em um percurso que dura pelo menos cinco horas.

Após ser liberado, às margens da ERS-283, ele acionou a Brigada Militar, que passou a monitorar o táxi por meio de GPS.

A dupla foi localizada há cerca de 50 km da cidade onde a vítima foi deixada e presa pela polícia por roubo. O táxi foi recuperado.

Comentários

Comentários