Torcendo contra o Flamengo – Erner Machado

Erner Machado

Três dias após o Flamengo consagrar-se campeão da Copa Libertadores da América, no Peru e garantir o passaporte para o Mundial de Clubes, os ministros Tribunal de Contas da União (TCU) doutores Benjamin Zymler e Augusto Sherman, tiveram suas viagens aprovadas para uma conferência de combate à corrupção em Abu Dhabi, nos arredores da grande final no Qatar.

O que chama a atenção , no fato, é que os dois ministros que viajarão em Missão Oficial, acompanhados de um assessor do TCU são, ambos, flamenguistas.

Este fato, segundo informações, está causando grande revolta entre os servidores do Tribunal de Contas da União.

A data do evento será entre dezesseis e vinte e um de deste mês coincidindo, o último dia, com a Decisão do Campeonato Mundial de clubes.

A Corte informa que os ministros irão, unicamente, para participar do evento de combate a corrupção e que retornarão ao Brasil no dia imediato ao fim do mesmo, ou seja, no dia vinte e dois de dezembro que é, também,o dia imediato a partida final do Campeonato Mundial de clubes que deverá ocorrer no dia vinte e um de dezembro.
O Custo da Viagem, somente em diárias, será de sessenta mil reais, sem considerar as passagens…

Diante das afirmações do Presidente do TCU, não podemos dizer que suas excelências aproveitarão o evento contra corrupção para participarem da final do Campeonato mundial da qual o time do coração de suas excelências, pelas qualidade que apresenta, com certeza, poderá ser um dos participantes.

Se afirmarmos que irão participar da final, estaremos colocando em dúvidas a palavra de uma autoridade que preside uma instituição cuja finalidade é examinar as contas públicas e responsabilizar os autores de eventuais irregularidades.

Diante disto podemos afirmar que os integrantes desta corte são pessoas das mais altas credibilidades e que, portanto, os ministros Benjamin Zymler e Augusto Sherman não se prestariam a viajar com dinheiro da nação para, de carona em uma missão oficial, assistirem um jogo do time de seu coração.

Mas é inevitável que, o se o Flamengo classificar-se , hipótese da presença dos ministros na final seja uma realidade.

Então, em nome da credibilidade dos ministros não há outra alternativa que não seja a de os brasileiros comuns que vivem de salários, que pagam impostos, que suam para sustentar suas famílias, torçam para que o FLAMENGO NÃO SE CLASSIFIQUE.

Isto acontecendo não há como desconfiar de suas excelências os ministros do TCU e não corremos o risco de, levianamente, cometermos um calúnia ou de sofrermos um processo em decorrência disto.

Isto acontecendo os ministros ficarão tristes , talvez chorem, mas estarão salvos.

Comentários

Comentários