Trabalhadores do hospital de Osório irão paralisar atendimentos novamente, desta vez por mais tempo

Nesta quarta-feira (10), os trabalhadores do Hospital São Vicente de Paulo, de Osório, cruzaram os braços durante 24 horas. Apenas casos de urgência e emergência foram atendidos

De acordo com informações do SindiSaúde RS, cerca de 60% dos funcionários  aderiram ao protesto.

Na manhã de hoje (11), uma nova assembleia para definir os rumos do movimento paredista foi realizada e a decisão foi por uma nova paralisação, desta vez, de 48 horas, para os dias 17 e 18 de janeiro.

O motivo tem origem no atraso do pagamento do 13° e das férias. Segundo o sindicato, sem garantias, os funcionários querem dar um basta à essa situação.

Comentários

Comentários