Transforme 2019 em um ano de riquezas através da educação financeira

A educação financeira se torna mais importante no final do ano e no início do novo ciclo, já que com a entrega do 13º salário, seguida da compra de presentes de Natal e do pagamento de dívidas, um ciclo de bonança financeira pode se tornar um começo de ano com problemas econômicos.

Fonte: Pixabay.com

O 13º salário: seus desafios e oportunidades

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a gratificação natalina do 13º salário vai injetar R$ 2,8 bilhões na economia maranhense no final do ano, o que não só representa 3,4% do PIB do estado, mas também uma oportunidade para os trabalhadores do mercado formal, aposentados e pensionistas, para melhorar a sua situação econômica em 2019 através da educação financeira.

Em relação à educação financeira, um ponto a considerar entre as oportunidades de aprendizagem que podem ser usadas para aproveitar o 13º salário, e continuar com uma bonança financeira ao longo do ano, são as operações binárias, que são uma modalidade de investimento que vem crescendo muito nos últimos anos, dentro da qual é possível gerar altos lucros em um curto espaço de tempo.

Esta é uma ferramenta para a qual a educação financeira é muito importante, uma vez que requer uma análise detalhada do mercado financeiro, bem como muita prática e aconselhamento profissional para os iniciantes neste negócio.

No entanto, é possível aproveitar as muitas ferramentas atualmente disponíveis na internet para se tornar um profissional deste tipo de mercado em um tempo relativamente curto, e com guias especializados dentro do mercado financeiro. Desta forma, começar a criar liberdade financeira a partir do 13º salário torna-se uma tarefa muito mais fácil para todos os brasileiros.

Educação Financeira no Brasil

Mostra-se que o estudo, a determinação e o empreendedorismo não são um problema para os brasileiros, pois, como mostra o site financeiro Época Negócios, o Brasil é o 5º país com os empreendedores mais determinados, dentro de um análise que incluiu 130 países, onde foram comparadas a dificuldade de empreender, contra o número de empresas criadas.

Por meio de acordo firmado em março deste ano, o Banco Central firmou um convênio de incentivo à educação financeira, em conjunto com a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas e o Serviço de Proteção ao Crédito no Brasil.

Neste tratado, o acesso à palestras e cursos de educação financeira é promovido para que os consumidores possam aprender a administrar melhor seu próprio dinheiro, evitando problemas financeiros, que geralmente começam no início do ano.

Fonte: Pexels.com

Nesse contexto, o site InfoMoney conta 5 lições de educação financeira que qualquer trabalhador pode aproveitar, para ter um 2019 com uma melhor qualidade de vida. Entre os pontos mencionados, destaca-se ter uma reserva para imprevistos, como doença, oportunidades de investimento e até a perda de emprego. Além disso, saber usar a receita extra como o 13º, torna-se uma oportunidade para pagar as dívidas adquiridas, ou investir em modalidades de investimento novas e rentáveis, como as operações binárias mencionadas anteriormente. 

Obter a liberdade financeira é uma tarefa que requer muita disciplina, para reconhecer e mudar hábitos que prejudicam a saúde financeira, por novos hábitos que colocam os sonhos em um contexto tangível, por meio de planejamento, investimento e poupança.

Comentários

Comentários