Venezuelanos são recebidos com carinho em Santo Antônio da Patrulha

“É impossível não se emocionar! Ver nos olhos de idosos, adultos e crianças a esperança de uma nova vida. Certamente deixaram para trás muitas lembranças e carregam a dor de deixar seu país, mas não foi uma escolha e sim a única saída”, com essas palavras o prefeito Daiçon Maciel da Silva anunciou nessa terça-feira (18/12), a chegada dos imigrantes venezuelanos. Ele publicou a informação na rede social minutos depois de os mesmos descerem em solo gaúcho.

Juntamente com a secretária municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Social, Ana Cristina Ramos, o prefeito patrulhense, juntamente com o prefeito de Viamão, Valdir Bonatto, receberam os imigrantes no aeroporto Salgado Filho. Eles vieram em avião da Força Aérea Brasileira, acompanhados do Ministro do Desenvolvimento Social Alberto Beltrame, do vice-prefeito José Francisco Ferreira da Luz e do presidente da Comissão Municipal de Acolhimento a Estrangeiros, o professor da FURG Jorge Tello Gamarra.

Em Santo Antônio da Patrulha os imigrantes foram recebidos com uma calorosa recepção organizada por voluntários e servidores da prefeitura no Salão Paroquial da Cidade Alta. Dos 40 previstos para ficarem na cidade, 11 a mais chegaram. A mudança aconteceu ainda em São Paulo, devido à identificação maior de uma família com a região Sul do país. Os 51 ficarão abrigados no Alojamento Temporário aos Estrangeiros, localizado próximo a Igreja Matriz do município. O local foi preparado com muito carinho, especialmente pelo grupo de voluntários patrulhenses, que também arrecadou doações.

O Ministério do Desenvolvimento Social enviou a mobília para dispor o alojamento (beliches, travesseiros, sofás, geladeiras e máquina de lavar roupas), além do valor de R$ 120.000,00 para viabilizar a estada das famílias. O Exército Brasileiro enviará alimentação básica.

O prefeito Daiçon Maciel da Silva fez um agradecimento especial à comissão que foi criada para receber de uma forma organizada os estrangeiros, citando as diversas lideranças da sociedade evolvidas, como representantes de entidades religiosas, Câmara de Vereadores, ACISAP, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Polo Universitário, FURG, Lions Club, Rotary Club, Programa Momento Mulher e pelos voluntários do #TamoJunto. Ele destacou o trabalho da comissão, dos servidores da secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social e dos voluntários. “São 70 pessoas aproximadamente que estão realizando um trabalho fantástico voluntariamente”.

Viviani Silveira

Comentários

Comentários